22/02/15

Panquecas de aveia e banana

Banana and oat pancakes


Domingo é dia de pequeno-almoço a dois.... Eu e o mais pequeno da casa! Muitas são as vezes que ele me pede para fazer panquecas, confesso que apesar de gostar muito e de estar sempre pronta para um pequeno-almoço desses nem sempre acedo ao pedido. Umas vezes por perguiça outras porque a voz da dieta fala mais alto!

Não tenho falado de dieta aqui no blog, porque sinceramente, acho que já não vale a pena estar a falar sobre isso! Muitas têm sido as vezes que tenho feito dieta, umas com mais resultado outras com menos. Desta vez, enchi-me de coragem novamente e comecei a fazer algumas mudanças, não posso dizer que se trata apenas de dieta. Algumas destas mudanças passam por substituir os iogurtes magros por iogurtes de soja ou naturais, corte substancial nos hidratos de carbono, substituição do leite de vaca por outros tipos de leite e sopa à noite. Nunca é fácil! Confesso que é dificil fazer-se dieta quando se tem um blog de culinária e quando se tem um apetite voraz por fazer e [comer] bolos e doces em geral. Mas tenho feito um esforço grande e tenho conseguido resultados, já me falta menos de metade do objectivo que fixei. Sei que não devia, mas ao fim-de-semana, relaxo um bocadinho e dou uma "meia" folga à dieta.  

Como adoro panquecas, ando sempre à procura de receitas mais "saudáveis" ou menos pecaminososas, podem ver aqui neste albúm do pinterest algumas das que vou guardando para mais tarde experimentar.

As panquecas de hoje foram adaptadas daqui, gostei da ideia de fazer umas panquecas de banana, pois em bolos e pão funciona muito bem, em panquecas também haveria de funcionar, pensei eu! E não me enganei! Fiz algumas adaptações com o objetivo de tornar estas panquecas mais light mas muito saborosas na mesma!

O resultado foi muito bom, eu e o pequeno adorámos, e ainda sobraram algumas para um pequeno-almoço durante a semana!

Ingredientes (12 unidades, cerca de 8 cm de diâmetro):
215 gr de farinha de trigo sarraceno*
90 gr de flocos de aveia pequenos
30 gr de açúcar
1 colher (de chá) de fermento em pó
1 colher (de sobremesa) de canela em pó
1 pitada de flor de sal
1 ovo médio
1 1/2 chávena de leite de aveia*
1/2 chávena de água
2 bananas esmagadas
1/4 chávena de óleo de coco
*Na receita original: farinha de trigo e leite de vaca.

Preparação:
Numa taça, juntar a farinha, a aveia, o fermento, a canela e o sal, misturar bem. Noutra taça, misturar o ovo, o leite, a água e o óleo. Juntar, aos poucos, os ingredientes líquidos aos secos, com o cuidado de ir mexendo sempre para incorporá-los completamente.

Adicionar a banana à mistura anterior e incorporar bem. Se sentir que a mistura está um pouco peganheta, adicionar mais um pouco de leite ou água até obter uma mistura que seja fácil deitar na frigideira.

Aquecer uma frigideira larga e anti-aderente. Com uma concha da sopa, retirar porções de massa e colocar na frigideira. Quando começar a formar bolhinhas, virar e deixar cozinhar mais um pouco. Servir quentinhas acompanhadas do que mais gostar.

Banana and oat pancakes


Nós comemos com fruta, com nutella, mel e maple syrup! Uma festa! Confesso que a minha combinação preferida é mesmo com nuttella! Não devia, eu sei, eu sei!! Depois desta conversa toda sobre dieta, venho para aqui dizer que comi com nutella, eu sei, é um pecado, mas pronto foi só hoje e foi só numa das panquecas!

Espero que gostem e que experimentem porque estas panquecas são mesmo boas!!

Seguir também em: Facebook | Pinterest | Instagram | Bloglovin

15/02/15

Madalenas de limão



Depois de um dia de festa, eis que nos apetece um dia mais caseiro, de forno ligado, sofá, manta e filmes! Tão bom! Sabe tão bem um dia em casa para recarregar as baterias. Esse foi mesmo o mote de hoje, não sair de casa, aproveitar para arrumar todos os brinquedos novos vindos da festa de aniversário do pequeno, experimentá-los com ele, brincar e descansar.

Logo pela manhã, depois de explorar um ou outro brinquedo, pusemos as mãos à obra e fizemos estas lindas madalenas para o lanche. O pequeno gostou tanto delas que enquanto eu preparava o cenário para a sessão fotográfica, aparecia ele a perguntar se podia comer mais uma! Enquanto pousava para as fotos, continuava "já posso comer esta??"!!

O resultado final foi muito bom, tanto pelas saborosas madalenas como pelas fotos que fiz. Já tinha saudades das minhas sessões :) Espero que gostem tanto como eu e o pequeno Leonardo!


Ingredientes (para 40 unidades):
4 ovos
120 gr de açúcar
1/2 colher (de chá) de sal moído
1 colher (de chá) de extrato de baunilha
180 gr de farinha
raspa de 1 limão
sumo de 1/2 limão
180 gr de manteiga
açúcar em pó para polvilhar


Preparação:
Pré-aquecer o forno a 175 ºC. Preparar uma forma de madalenas pincelando com óleo em spary ou manteiga derretida. Se necessário, polvilhar com farinha, no caso da forma usada não foi necessário devido a ser em silicone. Derreter a manteiga e reservar.

Juntar os ovos com o açúcar e sal e começar a bater com a batedeira em velocidade baixa, aumentar gradualmente até à velocidade média. Bater até obter uma mistura leve e fofa. Adicionar o extrato de baunilha e continuar a bater durante mais uns segundos.

Adicionar a farinha peneirada e bater devagar até estar completamente incorporada. Juntar a esta mistura, metade da manteiga derretida e a raspa do limão, com uma espátula ou colher de pau, mexer até estar bem incorporado. Adicionar a manteiga restante e o sumo do limão e tornar a mexer até ficar totalmente homogéneo.

Dividir a massa pelas cavidades da forma de madalenas com o cuidado de não encher demasiado cada uma delas. Levar ao forno durante 15 a 18 minutos (no caso do meu forno foi este o tempo que demorou, devem ser retiraradas quando estiverem douradinhas).

Desenformar, deixar arrefecer completamente e polvilhar com açúcar em pó.

E... resistir a comer apenas uma!!!

Seguir também em: Facebook | Pinterest | Instagram | Bloglovin

06/01/15

Bolo morno de chocolate e um novo ano



Qual melhor ingrediente do que chocolate para começar o ano aqui no blog? Nada melhor do que começar com o que mais gostamos!

Não sou pessoa de gostar muito ou festejar muito a passagem de ano, dia 31 e dia 01 são dias normais que marcam o fim de um ano e o começo de outro. Há já alguns anos, que aproveitamos os dias entre o Natal e o fim de ano para rumar para um país/cidade estrangeira, para palmilhar mais um bocadinho de mundo! Afinal, é o que mais gostamos de fazer e iniciar o novo ano assim, deixa-nos com uma energia e alegria diferente para mais 365 dias. Este ano, estivemos na linda Istanbul, onde fomos brindados com alguma chuva e neve. A cidade é linda e deixou-nos com vontade de lá voltar num dia de sol radiante, só para a ver com as cores vibrantes que vemos nos postais :)

Para terminar a quadra das "asneiras" e para saciar o desejo de uma sobremesa rápida e carregadinha de chocolate, lembrei-me de imediato destes bolinhos mornos do livro "Dias com Mafalda" da chef Mafalda Pinto Leite. O pior destes bolinhos é que são mesmo fáceis e rápidos, em 30 minutos estão prontos a comer. 

Desejo-vos um feliz 2015, com tudo o que mais desejarem e muito chocolate!


Bolinhos mornos de chocolate
(Adaptado de "Dias com Mafalda" de Mafalda Pinto Leite*)

Ingredientes:
200 gr de chocolate (usei 70% cacau)
40 gr de manteiga sem sal
80 gr de açúcar
3 ovos
2 colheres de sopa de Nuttella (opcional)
*Reduzi a quantidade de açúcar e a manteiga em relação à receita original

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 200 ºC. Untar quatro ramequins com manteiga, reservar.

Colocar o chocolate com a manteiga numa taça e derreter em banho-maria. Quando estiver derretido e envolvido, juntar a Nutella e mexer bem.

Bater as claras em castelo e reservar. Colocar as gemas com o açúcar numa taça e bater até obter uma mistura cremosa e espessa.

Incorporar a mistura de chocolate na mistura anterior e delicadamente envolver as claras em castelo. Misturar bem.

Dividir a massa pelas formas preparadas e levar ao forno por 12 minutos, o topo deve ficar duro e o interior mole. Servir quente.

Uma verdadeira perdição, comem-se à colherada num ápice!!

Seguir também em: Facebook | Pinterest | Instagram | Bloglovin

21/12/14

Bolo de Natal


Christmas cake

Todos os dias penso que tenho mesmo que vir colocar uma receita nova no blog, mas o safado do tempo não me tem permitido. Eu penso em escrever ou fotografar, pois receitas novas e boas tem havido por cá, mas depois, o dia é atarefado, o fim-de-semana passa rápido demais e pronto, lá ficam novamente as fotografias por tirar! Os dias no final do ano parece que passam ainda mais depressa, no trabalho há mais coisas para se fazer e em casa sempre mil outras para pensar e planear! Mas não podia deixar passar o Natal sem publicar uma nova sugestão para estes dias de festas!

Em conversa com a minha amiga Patricia, falámos sobre este belo bolo de Natal, receita que vem da avó dela, sobre o qual ela falou maravilhas e que eu devia mesmo experimentar! E eu pensei, olha nem de propósito, queria publicar uma receita que não fosse azevias, sonhos ou rabanadas, um bolo destes enquadra-se mesmo!

Eu e o pequenino pusémos as mãos na massa e fizemos um belo bolinho, mas quando dei por mim, a luz natural estava a ir embora, e as fotos não ficaram como gosto, assim resolvi fazer um post de uma foto só! Mas penso que esta ilustra bem o tipo de bolinho que é! Convido-vos a ligar o forno e a presentearem a vossa família e amigos com este bolinho de Natal, cheio de sabores que se identificam mesmo com o Natal!

Umas boas festas para todos os que por aqui passam, que o vosso Natal seja repleto de alegria, saúde, paz, amor, partinha e felicidade! E que entrem no novo ano com o pé direito e que este vos traga muitas alegrias e sucessos!

Bolo de Natal

Ingredientes:
4 ovos
100 gr de açúcar + 2 c. sopa açúcar 
200 gr farinha
8 c. sopa azeite
4c. sopa mel
150 gr miolo de noz (ou mistura de frutos secos)*
1 c. chá canela
1 c. sopa erva doce
1 cálice vinho porto
1 c. chá de fermento em pó
1 c. chá de bicabornato de sódio
*usei: 100 gr de nozes, 30 gr de amêndoa, um punhado de arandos secos e algumas tâmaras)

Preparação: 
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Forrar uma forma de bolo inglês com papel vegetal e reservar. 

Bater as gemas com o açúcar até formar um creme esbranquiçado. Adicionar o azeite e o mel continuando a bater.

Misturar as nozes grosseiramente picadas (ou a mistura de frutos), a canela, a erva-doce, a farinha, o fermento e o bicarbonato de sódio. 

Bater as claras em castelo e quando estiverem em espuma juntar as 2 colheres de açúcar e continuar a bater até ficar em castelo. Juntar as claras à massa anterior envolvendo com a colher. 

Deitar a mistura na forma preparada e levar ao forno até estar cozido (fazer o teste do palito).  Polvilhar com açúcar em pó e servir.

28/10/14

Tajine de borrego com tâmaras e ameixas


Por cá adoramos viajar! Desta vez, apenas o homem da casa rumou a um país novo para uma experiência fotográfica. Mas havemos de ir todos a Marrocos para nos deliciarmos com as cores, gentes, sabores e mercados. 

Enquanto não vamos, deliciamo-nos com receitas cheias de personalidade feitas na nossa nova linda tajine vinda directamente de terras marroquinas. Para quem não sabe bem o que é uma tajine, pode consultar aqui.

Nunca tinha provado comida feita em tajine, foi uma agradável surpresa, os sabores e os aromas ficam bem pronunciados o que confere ao prato um gosto muito diferente do habitual feito numa panela normal.

Optámos por uma receita bem ao estilo marroquino, borrego com ameixas, mas como não tínhamos ameixas suficientes, adaptámos e combinámos com tâmaras. As especiarias usadas foram compradas em Marrocos e trata-se de uma mistura específica para tajine, estas são de tal forma intensas que quando abrimos o armário, cheira a Marrocos!!

Vamos então à receita!

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de azeite
2 kg de perna de borrego cortada em cubos
1 cebola 
3 grãos de cardamomo
1/2 colher de chá de canela em pó
1 colher (de sopa) de mistura de especiarias marroquinas*
4 dentes de alhos
1 colher (sopa) de concentrado de tomate
450 gr de tomate
6 ameixas negras grandes
6 tâmaras 
raspa de uma laranja
1 pau de canela
2 maças cortadas em quartos
1 colher (de sopa) de mel
2 colheres (de sopa) de coentros picados
sal grosso q.b.
pimenta q.b

*em alternativa, usar: 2 colheres de chá de cominhos, 1/2 colher de chá de gengibre, 1 colher de chá de açafrão

Preparação:

Picar o tomate, três dos alhos, a cebola e os coentros, reservar. Cortar as maçãs em quartos e as ameixas e tâmaras em metades, reservar.

Aquecer o azeite na tagine, adicionar o borrego, previamente temperado com sal e pimenta, deixar corar ligeiramente, retirar e reservar.

Na tajine, colocar a cebola, a mistura de especiarias, o cardamomo e os alhos picados, deixar cozinhar até que as especiarias abram o seu aroma, juntar a pasta de tomate, deixar cozinhar mais um pouco. Adicionar o tomate picado, o alho esmagado, as ameixas, as tâmaras, a canela e as maçãs.

Deixar cozinhar, juntar o borrego e o mel, baixar o lume durante uma hora, juntar os coentros picados e a raspa de laranja. Quando a carne estiver bem tenrinha, desligar o lume, aguardar 3/4 minutos e servir com couscous.


Agora deixo-vos umas fotos tiradas nesta viagem que a mim também me levaram a viajar! Espero que gostem!


Seguir também em: Facebook | Pinterest | Instagram | Bloglovin

22/10/14

Convidei o blog [Be Nice, Make a Cake]

Eis que chega mais um blog convidado, deste vez o "Be Nice, Make a Cake", a sua autora é a Rosa, uma mulher cheia de vida, boa onda e que recentemente decidiu dar um novo rumo à vida e ingressou num curso de pastelaria avançada, ah como eu fiquei feliz pela Rosa e com um pontinha de inveja [da boa]. Acho que ela fez muito bem, até porque já mostrou que é muito talentosa!

Nesta edição, o desafio que lancei à Rosa foi fazer uma receita com tons de Outono, ela escolheu usar abóbora nuns hamburguers diferentes do habitual. Achei o máximo! Vou experimentar porque a minha estreia com a quinoa não correu muito bem, por isso acho que esta é uma boa oportunidade de experimentar novamente! Ora vejam:


Ingredientes:
1/2 de uma abóbora manteiga, cortada em meias-luas
1/4 de chávena de quinoa crua
1 cebola picada
3 ou 4 dentes de alho
1 chávena de nozes picadas
1 pitada de pimenta cayenne
sal e pimenta preta moída na hora, q.b.
1 chávena de migalhas de pão (opcinal)

Preparação
Ligue o forno a 180.C para ir aquecendo. Coloque a abóbora num tabuleiro largo e baixo, tempere com sal, pimenta preta e um fio de azeite. Embrulhe os alhos num pedacinho de papel vegetal, e coloque junto com a abóbora. Leve ao forno até estarem ambos cozinhados/tenros. Depois disso tire a casca da abóbora e dos alhos, e esmague tudo com a ajuda de um garfo.

À parte faça um refogado com a cebola, e um fio de azeite. Deixe cozinhar até ficar translucida (sem queimar). Reserve. Enquanto isso coza a quinoa, segundo as indicações do pacote.
Coloque todos os preparados (excepto a quinoa) num processador de alimentos e pique até ficarem com uma consistência homogénea. Eu gosto de deixar alguns pedacinhos mais inteiros. Envolva a quinoa e se achar que e necessário formar mais liga, junte também as migalhas de pão (ou pão ralado).

Se for do seu gosto, junte uma pitada de pimenta cayenne e rectifique o resto dos temperos. Depois desta pasta estar fria, molde 10 a 12 hambúrgueres, coloque-os numa travessa e leve-os ao frigorífico para ajudar a manter a forma, antes de cozinhar. Pode cozinha-los numa frigideira anti-aderente (muito cuidado ao manobra-los), ou então cozinhe-os no forno a 180.C, como eu fiz (achei mais fácil assim). Sirva com estes pãezinhos maravilhosos. (http://benicemakeacake.com/post/99894483949/pao-massa-panar-aqui-esta-a-1-receita-que-aprendi). 

O resto do recheio fica á sua escolha, mas umas folhinhas de alface ou rúcula, fica sempre bem.



E agora, vamos conhecer melhor a Rosa:

BI do blog
Be Nice, Make a Cake!
Criado em 01 de Janeiro de 2012 by Rosa Cardoso

Como nasceu o “Be Nice, Make a Cake”"?
Nasceu da curiosidade e da paixão pela cozinha, aliado ao gosto e interesse pela fotografia. Depois disso, e quase como em todos os outros blogs, foi ganhando forma, aumentando a lista de receitas e assim ganhando seguidores maravilhosos.

Quem é a Rosa fora do blog?
Antigamente a Rosa era arquitecta e designer de interiores, agora é uma estudante de "Gestão e Produção de Pastelaria Avançada", na Escola de Hotelaria e Turismo em Óbidos, muito feliz com esta nova fase, muito curiosa com o mundo da cozinha e uma tótó sempre a estudar e pesquisar.

O que gostas mais de cozinhar?
Gosto de cozinhar clássicos, como por exemplo um assado no forno; e gosto muito de cozinhar coisas novas, como por exemplo estes hambúrgueres de abóbora e quinoa!

Alguma historia relacionada com a cozinha?
No outro dia na aula de Cozinha, estávamos a aprender a fazer ovos escalfados, e quando cozinhei o meu, ficou mais bonito do que o do chef, ahahaha! O resto da aula estiveram sempre a chamar o meu nome, comparando com qualquer coisa que o chef ensinava :) Estivemos sempre a rir!

País ou viagem mais marcante [ou de sonho]?
A viagem de sonho, prende-se um pouco aquilo que vêm a seguir ao curso, que é o estágio! E qual é o sonho de qualquer estudante de pastelaria? Trabalhar/Estagiar no país com a melhor pastelaria do mundo!!!!! Uh lah lah pâtisseries françaises!

Gostei muito de ter a Rosa por cá, espero que vocês também ;)

Seguir também em: Facebook | Pinterest | Instagram | Bloglovin

19/10/14

Queques de chocolate e um livro novo


Livros e mais livros, nunca são demais! E quando são recheados de coisas saudáveis ainda melhor! A chef Mafalda Pinto Leite lançou um novo livro, lindo, para mim, o mais bonito de todos. Quem segue esta chef nas redes sociais sabe que ela valoriza um estilo de vida saudável e procura apresentar receitas que integrem ingredientes naturais e o mais saudáveis possíveis.

Desde que a chef começou a postar fotos do seu novo livro que eu estava curiosa de ver, depois assim que saiu, começaram as fotos dos fãs por todas as redes sociais e blogosfera, não resisti! Comprei na sexta-feira e já exxperimentei umas três receitas! O livro é óptimo, é cheio de boas alternativas para quem procura uma alimentação saudável sem grandes complicações.

Claro que em tantas receitas, uma das que me ficou logo no pensamento foi esta, o chocolate vence sempre! A combinação com beterraba já não é uma estreia e digo o mesmo que disse a primeira vez que experimentei, é surpreendente como se combinam e como se obtem um bolo de chocolate com uma cor tão linda e textura tão agradável. Bem, mas o melhor mesmo é experimentarem, acho que não se vão arrepender!

Queques de chocolate, beterraba e curgete
Adaptado de "As receitas da Mafalda" de Mafalda Pinto Leite
(As adaptações foram devido a não ter todos os ingredientes, no final da lista coloco os originalmente sugeridos pela autora.)

Ingredientes:
1 chávena de curgete ralada (usei uma pequena)
1/2 chávena de beterraba ralada (usei uma pequena)
3/4 de chávena de farinha de espelta (ou de amêndoa ou trigo serraceno)
1/3 de chávena de cacau magro em pó (ou macaccino)
1 colher (de chá) de canela em pó
1/2 colher (de chá) de noz moscada
1/2 colher (de chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (de chá) de fermento em pó
3 ovos, ligeiramente batidos
1 colher (de sopa) de manteiga sem sal derretida (ou óleo de coco)
1/3 chávena de açúcar amarelo*
1/2 chávena de chocolate negro partido em pedaços
*receita original: açúcar de coco ou xarope de acér. Incluia também uma colher de chá de pasta de baunilha. 



Preparação:
Pré-aquecer o forno a 180 ºC. Preparar um tabuleiro de queques com formas de papel. Reservar.

Numa taça grande, misturar a farinha, o açúcar, o cacau, a canela, a noz moscada, o fermento e o bicarbonato de sódio.Juntar os legumes, tendo o cuidado de espremer a curgete para drenar o líquido. Envolver bem.

Noutra taça, misturar os ovos batidos com a manteiga e juntar à mistura anterior. Envolver tudo muito bem e juntar o chocolate partido, mexer ligeiramente a mistura.

Distribuir a mistura pelas formas de quequer, enchendo cada uma cerca de 3/4 (usei uma colher de servir gelado para facilitar esta tarefa).

Levar ao forno durante 15 minutos ou até estarem bem cozidos (vão sempre ficar um pouco húmidos). Retirar e deixar ligeiramente antes de servir. Servir simples ou com cobertura a gosto. Usei iogurte grego sem açúcar polvilhado com raspas de chocolate. [A receita orginal recomenda servir com chantily de coco, que acho que deve ser delicioso, mas deixei para uma próxima vez, já que não tinha tudo o que era necessário.]

 [Pelas mãos do modelo pequenino da casa! Também provador oficial de receitas com chocolate!]

Ahh e deixem dizer só mais uma coisa a respeito do livro, tem uma receita de uma espécie de nutella que é qualquer coisa! Do que já vi de quem fiz, não passo mesmo sem fazer! Aguardem ;)

Seguir também em: Facebook | Pinterest | Instagram | Bloglovin 

29/09/14

Bolo de iogurte grego com coco e mirtilos e um passeio especial


 Por aqui parece que o Verão regressou [ou chegou]! Temperatura boa, sol brilhante, céu azul e água do mar quentinha! O que é que se pode querer mais? As semanas passa num ápice, sabe bem chegar ao fim-de-semana e usufruir deste tempo maravilhoso e deste Algarve tão lindo! 

É bom fins-de-semana em que chegámos ao seu final e pensamos que bom que foi, tantas coisas diferentes que fizemos, que bem que aproveitámos!

Este fim-de-semana, rumámos a uma das mais belas praias do Algarve, para mim, a mais bela de todas, a Ilha do Farol. Areia branquinha, mar azul transparente, mar calmo e sem ondas, vista magnifica e um farol espectacular. Desta vez, a ida à Ilha do Farol foi diferente, fomos mesmo visitar o Farol. Bem, a subida é difícil, são 220 degraus! Mas vale mesmo o esforço, a vista é indescritível, a nossa ria, a ilha, a imensidão do mar, enfim, Algarve no seu melhor!

Este foi o bolo que levámos para o picnic que fizemos na praia com os amigos com que passámos o dia, quando na página publiquei que não sabia que fazer aos iogurtes que estavam a passar do prazo, recebi belas sugestões, uma delas foi este bolo da simpatica Inês. Fiz apenas algumas alterações, adicionei coco e mais limão, ficou uma delicia. 


Ingredientes:
5 ovos
200 gr de açúcar amarelo
100 gr manteiga derretida e fria
2 colheres (de sopa) mel
250 ml iogurte grego açucarado
Raspa 1 limão
Sumo de 1 limão
½ colher (de chá) de essência de baunilha
350 gr farinha trigo
50 gr de coco
1 colher (de chá) fermento
½ colher (de chá) bicarbonato de sódio
150 gr mirtilos frescos




Preparação
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Preparar uma forma com buraco untando com manteiga e polvilhando com farinha. Reservar.

Na taça da batedeira, colocar os ovos e o açúcar e bater muito bem por uns 5 minutos com a batedeira até a mistura ficar volumosa e esbranquiçada. Adicionar a esta mistura, o mel, a manteiga, a baunilha, a raspa e sumo de limão e o iogurte e voltar a bater muito bem [usei a vara pinha].

Misturar a farinha com o fermento e o bicarbonato de sódio, peneirar e juntar à massa e envolver. Bater apenas até estar completamente homogénea.

Por fim, adicionar os mirtilos e envolver suavemente na massa. Verter a massa na forma preparada e levar ao forno a 180ºC, durante uns 40-45 minutos, ou até estar cozido [fazer o teste do palito].

Falar da Ilha do Farol sem mostrar, não vale! Aqui ficam alguns registos do dia de ontem. Quem ainda não conhece, tem que por na lista "lugares a visitar"!




Seguir também em: Facebook | Pinterest | Instagram | Bloglovin

22/09/14

Muffins integrais de maçã e cenoura


Que segue o blog no Instagram e no Facebook viu que houve um brinquedo novo a chegar cá a casa na semana passada. Um presente de aniversário que tardou mas chegou e que me deixou muito feliz. Há muito tempo que queria esta lente para fotografar as “coisas do blog”! Há outras lentes cá em casa, mas nenhuma com esta abertura que permite fotos mais luminosas e com mais desfoque. Olhando para trás, vejo que este blog só me tem trazido coisas boas, uma delas é o crescente gosto pela fotografia e pela pastelaria (claro!). A fotografia sempre esteve muito presente no nosso dia-a-dia, no tempo das analógicas, sempre que íamos a algum sitio, lá íamos de máquina ao ombro, gastávamos rolos e mais rolos! A era digital trouxe-nos a facilidade de aperfeiçoar as técnicas, aprimorar as fotos, publicar e partilhar o nosso trabalho.

Assim que tive a lente nova nas mãos, logo comecei a magicar o que iria fazer para a estrear. No sábado, eu e o pequenino tomámos o pequeno almoço sozinhos e começamos o dia com umas belas panquecas e uma sessão fotográfica. No domingo, logo pela manhã comecei a imaginar o que é que iria fazer para o lanche e para testar a lente, ora, com chuva lá fora, o melhor é lanchar uns bolinhos! E assim foi!

Para que não fosse muito o peso na consciência, optei por uns muffins saudáveis do maravilhoso livro da Popina! Já tinha ficado com a ideia dos muffins quando vi os que a Rosa preparou para o pequeno-almoço de sábado, mas já haviam sido cometidos alguns excessos na noite anterior portanto deixei-os na lista “a fazer”. E não é que foi fim-de-semana de muffins? Descobri isso no instagram quando troquei alguns comentários com o Célio e a Rosa, ora vejam aqui.
[Depois digam-me o que acharam das fotos e dos muffins também, tá?]


Ingredientes:
2 ovos
90 gr de farinha de espelta
60 gr de farinha integral
80 gr de açúcar
50 ml de óleo de girassol
2 colheres (de chá) de canela
1 1/2 colher (de chá) de fermento em pó
1 maçã
1 cenoura
20 gr de sementes de abóbora + algumas para colocar na cobertura
Açúcar mascavado para polvilhar 


Preparação:

Pré-aquecer o forno a 200º C. Forrar as formas de muffins com papel vegetal [cortei em quadrado].

Ralar a maça e a cenoura e reservar. Juntar os ovos com o óleo e açúcar numa taça, bater com a vara de arames até obter uma mistura bem ligada. Noutra taça, colocar as farinhas com a canela e o fermento, misturar tudo muito bem.

Juntar os ingredientes secos à mistura líquida, misturar bem, adicionar a maça, a cenoura e as sementes de abóbora e incorporar tudo.

Distribuir a massa pelas formas de muffin enchendo apenas 2/3 da forma. No meu caso, em cada forma coloquei duas colheres de sopa de massa.

Por fim, polvilhar algumas sementes de abóbora e açucar em cada muffin. Levar ao forno pré-aquecido durante 25/30 minutos ou até estarem douradinhos, fazer o teste do palito após 20 minutos de cozedura. [fiz assim: apenas resistência debaixo - 20 minutos + apenas resistência de cima – 10 minutos]

Morninhos são óptimos!!!


 Seguir também em: Facebook | Pinterest | Instagram | Bloglovin

14/09/14

Bolo de iogurte com chocolate e o regresso

 
Yogurt and chocolate cake
 
As férias acabaram [já há duas semanas, o tempo passa mesmo rápido], deixaram saudades! Saudades dos dias de perguiça, dos dias de praia até quase anoitecer, dos petiscos, dos passeios, das tardes descansadas, do puro relax! Férias de Verão para nós significa no Algarve, no nosso Algarve. Porque entendemos que com praias tão boas no Algarve não é preciso procurar outras por terras quentes longe daqui, isso fica para o Inverno (quando é possível!). Este ano, contudo, não ficamos só pelo Algarve, passeámos também mais a norte e descobrimos algumas zonas que adorámos, quem segue no Instagram foi vendo algumas fotos por caminhos de Portugal. O nosso Portugal é mesmo lindo!
 
Desde que regressámos que queria voltar ao blogue, mas a entrada na rotina e a azáfama do dia a dia não permitiram. Nada melhor do que um bolinho simples e bom para regressar, ainda por cima, escolhido pelo mais pequeno da casa! Quando se dá opção de que bolo é que ele quer fazer, a resposta é sempre a mesma: "chocolate com muito chocolate" [quem sai aos seus...] E assim foi, aproveitando uns iogurtes cujo prazo estava mesmo a acabar, pusemos mãos à obra logo pela manhã. A nossa missão foi mesmo bem sucedida porque o bolinho ficou super fofinho e com um sabor forte a chocolate, como ele gosta! Como somos mesmo gulosos, servimos com o creme deste bolo que havia sobrado e estava congelado! Uma maravilha!

Yogurt and chocolate cake

Bolo de iogurte e chocolate

Ingredientes:
2 e 1/2 iogurtes naturais
3 medidas do copo de farinha para bolos
2 medidas do copo de açúcar
3/4 medida do copo de óleo [usei de girassol]
4 ovos
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
200 gr de chocolate preto [usei uma mistura das tabletes que tinha abertas, metade de chocolate 70% cacau e a outra metade de chocolate com 53% de cacau]

Yogurt and chocolate cake

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180 ºC. Juntar todos os ingredientes na taça da batedeira, com excepção do chocolate. Bater até obter uma mistura bem ligada e homogénea. Entretanto, derreter o chocolate em banho maria. Deixar arrefecer ligeiramente.

Juntar o chocolate à massa e envolver bem. Verter o preparado numa forma redonda com torre, untada com manteiga e polvilhada com farinha. Levar ao forno durante +/- 40 minutos ou até ao momento em que o palito de teste sair seco. 

Retirar do forno, deixar arrefecer ligeiramente e desenformar. Quando estiver completamente frio, polvilhar com açúcar em pó e raspas de chocolate.

Servir simples ou acompanhado de creme de chocolate [ou iogurte grego].

Yogurt and chocolate cake


Seguir também em: Facebook | Pinterest | Instagram | Bloglovin